“A vocação familiar, hoje, é um desafio. O individualismo alimentado pela tecnologia e pela pedagogia da falta de tempo são incômodos à dinâmica de ser casal, de ser uma só carne e de abastecer o amor na prática do bem.
Em meio aos muitos obstáculos, vencidos dia após dia, a vocação à vida familiar e a fé nos mantém firmes na caminhada. Fácil nunca foi, mas a determinação e a certeza do imenso amor de Deus por nós é o que ajuda a trilhar essa vivência.
Levamos muito tempo,os primeiros anos de casamento, para compreender o verdadeiro sentido de SER FAMÍLIA e da enorme responsabilidade que envolve essa escolha. Com o tempo, com as dificuldades e com a aproximação aos serviços e movimentos pastorais, descobrimos que ser família está além da estrutura de alvenaria que nos protege do frio e da chuva, está além das reuniões natalinas e das trocas de presentes, está além da situação financeira de cada um. Referindo-se ao Amor de Deus que norteia o nosso coração, que nos desarma, que transforma o nosso viver de forma que no pouco encontramos o muito.
Foi na doação do nosso tempo que descobrimos a maior riqueza. Foi na busca verdadeira de uma vida em Deus que preenchemos as lacunas do nosso matrimônio. Na devoção à Maria provamos quão grande é a sabedoria do silêncio e quão eficaz é a oração para a edificação de um lar.
Hoje somos gratos um ao outro pelo sim verdadeiro, pelas renúncias, pelo respeito às limitações, pela fidelidade e compromisso com o projeto de Deus”

 

Texto enviado pelo casal Cicero e Simone, da Pastoral Familiar da Basílica Nossa Senhora das Dores, Juazeiro do Norte (CE)

 

Author

Mychelle Santos

Estudante de Jornalismo pela Universidade Federal do Cariri. Gerente de Mídias e Produção de Conteúdos.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.